Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for Julho, 2010

Censo NacionalEl Instituto Nacional de Estadísticas y Censos (INDEC) presentó ayer la metodología y el cronograma que tendrá el Censo 2010. Se realizará el miércoles 27 de octubre en todo el país, por lo que ese día será feriado nacional para facilitar el operativo. Y los primeros datos se conocerán a partir de diciembre.

Acompañada por el coordinador nacional del Censo 2010, Roberto Muiños, y el director técnico del INDEC, Norberto Itzcovich, entre otros, la titular del cuestionado organismo, Ana María Edwin, destacó que se trata del “operativo civil de mayor envergadura” que se realiza en el país. Participarán 664.886 personas entre censistas, jefes de fracción, radio, asistentes de campo y jefes de Departamento en todo el país. El operativo tiene un costo de 303 millones de pesos, y los censistas cobrarán (“en tiempo y forma”, prometió Muiños) 250 pesos en caso de las áreas urbanas y 300 en las rurales.

El Censo “es de población, hogares y viviendas”, explicó Muiños al destacar diferencias con el sondeo de 2001, que no incluyó a estas últimas por lo que “hubo que reconstruir la cantidad de viviendas”. Edwin consideró que se trató de una “omisión muy seria”, al tiempo que Itzcovich informó que en el 2001 “zonas enteras del país no se recorrieron”. Además, ahora se conocerá la cantidad de familias homoparentales (parejas de personas del mismo sexo) que hay en el país. “Se trata de la integración y reconocimiento del matrimonio entre iguales”, dijo Edwin.

Hace un mes, algunos especialistas del sector privado consultados por Clarín habían puesto en duda que el INDEC, un organismo cuestionado, esté en condiciones de realizar el Censo 2010.

Fuente: El Clarin (Argentina)

Anúncios

Read Full Post »

Da Agência Brasil

Para traçar um retrato da população brasileira, técnicos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) vão inserir novos itens nos questionários do Censo 2010, que serão aplicados em todo o país a partir de 1º de agosto .

Os documentos incluirão perguntas sobre cônjuges do mesmo sexo, registro de nascimento para pessoas com até 10 anos, etnia e língua indígena, disponibilidade de luz elétrica, tempo de deslocamento para o local de trabalho, entre outros.

O censo já incluiu questões sobre condições habitacionais e socioeconômicas como raça, religião, trabalho e renda e deficiência, além de fecundidade, por exemplo.

“Esse censo estruturou um levantamento sobre o entorno do domicílio como a existência de asfaltamento, iluminação pública, calçamento, disposição do lixo, valas de esgoto etc. Informações que vão desde a área de saúde, planejamento urbano até os investimentos domésticos”, informou a diretora de Pesquisas do IBGE, Wasmália Bivar.

Com o objetivo de visitar os 58 milhões de domicílios do país, a pesquisa quer identificar as transformações sociais desde o último censo, em 2002, ajudando na elaboração de políticas públicas e auxiliando a iniciativa privada a definir investimentos.

O IBGE pede que a população fique atenta à visita dos recenseadores, que estarão identificados com crachá contendo identidade e matrícula, mais um computador de mão, um pequeno aparelho de cor azul, e forneça as informações necessárias.

A coordenadora  lembra que o instituto não cobra documentos que comprovem as informações dadas aos recenseadores e informa que, em caso de desconfiança, o morador pode checar a identidade do profissional ligando para 0800 721 8181.

“O IBGE é uma instituição conhecida por sua respeitabilidade, e a população costuma entender bem o trabalho do recenseador. Raramente temos recusa”, afirmou a  coordenadora Operacional do Censo 2010, Maria Vilma Salles.

Read Full Post »

A Griô Produções, em parceria com o Fórum de Mulheres Negras do DF e com a Universidade de Brasília, realizam mais uma edição do Festival da Mulher Afro Latino Americana e Caribenha, Latinidades, de 22 a 25 de julho no Museu da República.

O festival é oportunidade para consolidar uma data muito importante para as mulheres negras: o Dia Internacional da Mulher Afro Latino Americana e Caribenha, criado em 1992.

O tema do festival em 2010 é o Censo, sob o slogan: “Não deixe sua cor passar em branco” e em cada mesa do seminário será discutida a importância da auto-declaração para a formulação de políticas públicas voltadas para as mulheres negras.

O evento é uma ação afirmativa por empoderamento e melhores condições para as mulheres negras da América Latina e Caribe e, portanto, agrega embaixadas, movimentos sociais, instituições diversas, partidos políticos, Universidade de Brasília, Entidades Governamentais, Rede Afrolatina, entre outras parceiras.
 Em três dias latinidades apresenta seminários, apresentações culturais e uma feira afro.
Entre as artistas cotadas para a edição 2010 estão Thalma de Freitas, Paula Lima, Nós Negras, Martinha do Coco e Ellen Oléria, além de grande roda de capoeira, discotecagem e apresentação de basquete de rua, proporcionada pela CUFA-DF.

Acompanhe as novidades no blog da Griô!

Programação:

22 de julho – Cerimônia de Abertura. Tema: Censo 2010 “Não deixe sua cor passar em branco”.
23 de julho – Seminário Mulheres na Política e Saúde da População Negra
24 de julho – Seminário Mulheres na Educação e Mulheres na Cultura
25 de julho – Apresentações culturais e feira afro

Read Full Post »